Educação Curso de Libras

Prefeitura de Atalaia inicia novas turmas do curso de Capacitação em Libras

Aula inaugural foi realziada na noite desta quinta-feira (6).

07/06/2019 12h08 Atualizada há 12 meses
2.073
Por: Phablo Monteiro
Aula inaugural do curso Básico I e II em Libras.
Aula inaugural do curso Básico I e II em Libras.

Pensando na melhoria da Educação e no total desenvolvimento dos alunos com deficiência, a Prefeitura Municipal de Atalaia, através de sua Secretaria de Educação, realizou na noite desta quinta-feira (6), a aula inaugural do curso de LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais. Realizado pelo segundo ano consecutivo, o curso já capacitou 26 profissionais da Educação em 2018 e este ano, o município irá contemplar aproximadamente 70 cursistas, educadores ou não, no curso básico I e II.

O evento foi realizado no Plenário da Câmara Municipal de Atalaia e contou com a participação do prefeito Chico Vigário, da primeira-dama Rosiane Vigário, da secretária de Educação Jirlene Costa, da coordenadora da Educação Especial Emanuely Pereira e demais coordenadores da SEMED.

Para se secretária ações de inclusão como essa tem sido uma luta mundial e o município vem se adequando para melhorar o desenvolvimento educacional dos alunos portadores de necessidades especiais. “Ações como essa visam a garantia de seus direitos e a participação deles na sociedade. Sabemos que são muitos os desafios para que essa inclusão aconteça de fato na sala de aula e isso tem sido uma preocupação nossa na Secretaria de Educação, junto com o prefeito Chico Vigário, visando promover ações que garantam o aprendizado desses alunos”.

Idealizador do projeto que trouxe o Curso de Libras para o município de Atalaia, o ex-secretário de Educação e atualmente técnico da Semed, professor Mauricio Aureliano, destacou a importância de lutar sempre por uma Educação inclusiva e de qualidade. “Chegou o momento de brigarmos por uma Educação de qualidade e ela só acontece se alcançarmos a todos. Hoje, como técnico da Semed fico feliz por ter contribuído com esse processo. Que todos possam aproveitar esse momento de aprendizagem e essa troca de experiência”.

Em seu discurso, o prefeito Chico Vigário destacou a importância para o município da continuação deste curso. “Hoje a inclusão faz parte da realidade do mundo e vejo neste trabalho da equipe da Semed, um passo muito grande e importante para que venha a dar condição a população atalaiense de abraçar esse projeto de inclusão. Projeto como esse é mais uma prova que tudo que discutimos no dia a dia, em nosso gabinete, em todas as pastas, é para o bem de Atalaia. Todos sabem que estamos passando um momento de dificuldade, mas não podemos baixar a cabeça. Vejo esse projeto sendo desenvolvido com muito carinho e com muito respeito por toda a equipe da Semed. E mais coisas virão, pois tenho certeza que Deus vai nos ajudar para desenvolver os projetos que estamos discutindo, com o objetivo de melhorar a condição de vida de toda a população de Atalaia”.

Coordenadora da Educação Especial, Emanuely Pereira comemorou o fato de que este ano o curso será aberto também para a população. “Em 2018, o nosso objetivo foi capacitar os professores para tentar ter uma comunicação melhor com o aluno. Já a proposta deste ano, se estendeu também para a comunidade que se interesse por essa temática”.

Na oportunidade, também foi feita uma homenagem a jovem Carmem Cecília, filha do coordenador da Semed, professor Charles Dogulas, que recebeu das mãos do prefeito Chico Vigário, o certificado de conclusão do curso Básico I em Libras, por ter acompanhado todas as aulas no ano de 2018.

Ministrado pelo professor Armando Marques, as aulas do curso de Libras Básico I e II, será presencial, com duas horas semanais e duração de seis meses, o que totaliza 40 horas de curso. As aulas serão realizadas na Escola Municipal Jabes Francisco da Silva, todas as quartas-feiras (Básico I) e as quintas-feiras (Básico II).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias