Segunda, 19 de novembro de 2018
82 9 9131 8010
Educação

25/10/2018 às 07h40 - atualizada em 25/10/2018 às 07h52

518

Phablo Monteiro

Atalaia / AL

Poeta Cláudio Cardoso é um dos homenageados da I Feira Literária da Escola Floriano Peixoto
Evento acontece entre os dias 24 e 25 de outubro.
Poeta Cláudio Cardoso é um dos homenageados da I Feira Literária da Escola Floriano Peixoto
Um dos stands homenageaou o poeta da terra, Claudio Cardoso.

Poeta dos versos matutos moderados, o atalaiense Cláudio Lopes Cardoso, foi um dos grandes homenageados na I Feira Literária da Escola Estadual Floriano Peixoto (I FLIFLOP), realizada entre os dias 24 e 25 de outubro. Vandete Pacheco e Antônio Aurélio de Morais, o Tonho Sapateiro, foram outros autores atalaienses apresentados pelos alunos durante o projeto Estacione na Leitura.


“O projeto surgiu com a ideia de resgatar e desenvolver no aluno o hábito de ler, através de um resgate histórico e cultural da literatura alagoana. Os professores da área de linguagens trabalharam com os alunos vários escritores, com a proposta de apresentar uma forma diferenciada e atrativa de ler e fazer o público visitante interagir com os trabalhos”, destacou a diretora Letícia Franco.


O evento se mostrou de grande importância dentro do contexto escolar, pelo envolvimento dos alunos que despertaram o interesse pela leitura e produção de textos, através de vários stands montados no estacionamento da Escola, contando a vida e a obras dos atalaienses citados acima e de consagrados autores alagoanos: Ledo Ivo, Costa Rego, Anilda Leão, Graciliano Ramos, Jorge de Lima, Aurélio Buarque de Holanda, Guimarães Passos, Cleide Vanderley e o cordelista Jorge Calheiros.


Um dos idealizadores deste projeto, o professor de Língua Portuguesa, João Marcos destacou a importância do envolvimento de todos os professores na realização deste evento. “É um trabalho diferente, pois até então era realizado apenas de forma isolada pelos professores da área de linguagens. E, para realizá-lo tivemos o total apoio dos professores das outras áreas, em uma parceria que vem sendo uma tendência na Escola Floriano Peixoto, a exemplo do que aconteceu no Trekking, na Feira das Nações e na Feira de Ciências. Sem o engajamento de todos os professores, esse trabalho não estaria acontecendo”, ressaltou.


Autor de mais de 20 obras, o cordelista Cláudio Cardoso fez questão de acompanhar o evento na manhã desta quarta-feira (24) e agradeceu a homenagem e todo o carinho recebido. “É muito gratificante receber esse reconhecimento e todo esse carinho dos meus conterrâneos atalaienses. Na medida do possível sempre procuro retribuir e por isso vim prestigiar esse grandioso evento, para agradecer a todos. Parabenizo a Escola Floriano Peixoto, pois é um evento que tem uma grande importância no estimulo da leitura. A literatura de Cordel, que é o meu caso, ela divulga, ela relata, trazendo algo simples para os leitores, mas com muita alegria para todos”.


Já nesta quinta-feira (25), o evento contará com apresentações culturais, a exemplo do grupo Chão que Fala, que desenvolve um trabalho na área da linguagem, com apresentação de obras de artistas renomados, dando a oportunidade do público participante interagir com a escrita de versos.

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium