Quinta, 29 de Setembro de 2022
24°

Poucas nuvens

Atalaia - AL

Política Em Atalaia

Cícero e Eliane reforçam que farão um governo popular durante panfletagem em Atalaia

Natural do município de Atalaia, Cícero ganhou o apoio de feirantes, trabalhadores e populares que passavam na feira da cidade.

18/09/2022 às 01h39 Atualizada em 20/09/2022 às 18h56
Por: Phablo Monteiro Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Cícero e Eliane reforçam que farão um governo popular durante panfletagem em Atalaia.
Cícero e Eliane reforçam que farão um governo popular durante panfletagem em Atalaia.

O professor Cícero Albuquerque ganhou o apoio de seus conterrâneos na disputa para o governo de Alagoas, durante panfletagem realizada em Atalaia, na Zona da Mata alagoana, nesta sexta-feira (16), feriado da emancipação política de Alagoas. 

Ao lado da candidata à vice-governadora, Eliane Silva, Cícero reforçou a mensagem de levar ao governo um nome que tenha independência e defenda os interesses do povo de Alagoas. 

“Somos uma ruptura e a possibilidade de um novo início, um recomeço para Alagoas, com um olhar fraterno e acolhedor para o seu povo, sem a demagogia e a hipocrisia de outros candidatos que fazem política contra as pessoas e agora vem pagar de bom moço”, criticou o professor. 

Militante dos movimentos populares e moradora do maior bairro periférico de Alagoas, o Benedito Bentes, Eliane Silva compartilha dessa ideia. 

“Acredito que nossa candidatura é uma mensagem sobretudo de esperança, com Cícero e Eliane o povo pode de verdade”, afirmou ela, que é dirigente nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), em referência ao lema da campanha que é O Povo Pode. 

Natural do município de Atalaia, Cícero ganhou o apoio de feirantes, trabalhadores e populares que passavam na feira da cidade. 

“Meu voto é do professor Cícero”, disse um dos feirantes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias