Domingo, 24 de Outubro de 2021
30°

Poucas nuvens

Atalaia - AL

História Homenagem

Dr. João Carlos de Albuquerque Filho, um mito da agroindústria do açúcar

Crônica de Jorge Luiz Soares Melo*, publicado na Revista Folha da Barra

04/07/2021 às 15h44 Atualizada em 09/07/2021 às 17h52
Por: Phablo Monteiro Fonte: revistafolhadabarra.com
Compartilhe:
Dr. João Carlos de Albuquerque Filho, Ex-presidente da ASPLANA.
Dr. João Carlos de Albuquerque Filho, Ex-presidente da ASPLANA.

Passou o tempo, mas ninguém pode esquecer de pessoas, que com suas lutas e lideranças, fizeram crescer o desenvolvimento da agroindústria açucareira do estado de Alagoas e uma dessas figuras ilustres, foi a do saudoso e querido, Dr. João Carlos de Albuquerque Filho, que considero, o eterno presidente da Associação dos plantadores de cana de Alagoas.

Peço licença aos leitores para voltar ao túnel do tempo. Tempo esse, em que os plantadores de cana de Alagoas, o elegeram para presidir a Associação de classe da categoria.

Em 9 de março de 1964, assumiu a presidência dessa entidade, o competente plantador de cana e agropecuarista, Dr. João Carlos de Albuquerque Filho, para concluir o mandato de Manoel Messias de Gusmão, que havia acabado de ser chamado para a glória do pai eterno.

Dr. João Carlos, era querido por toda a classe canavieira, um líder incontestável, que usando de sua elevada sabedoria, soube alavancar a associação e a tornar conhecida pelo Brasil a fora.

Casado com a saudosa e bela de coração e alma, Irene Lopes de Albuquerque, formou uma digna família. Era um homem de fé no trabalho, de fino trato, humano, ético e extremamente competente.

A administração de Dr. João Carlos foi caracterizada pela ação decisiva em defesa da classe canavieira e por essa razão foi reconduzido por diversas vezes para o cargo de presidente e essa liderança se deu por mais de duas décadas.

Em suas brilhantes ações, construiu a sede da Associação dos plantadores de cana, situada na rua Sá e Albuquerque, no bairro de Jaraguá, nessa sede, equipou um dos auditórios mais modernos do Nordeste. Instalou as estações de multiplicação de sementes em Anadia e no distrito de Ipioca.

Construiu um clube social, tido como um dos mais modernos do Brasil, com a intenção de que os plantadores de cana, associados da ASPLANA, e seus dependentes, tivessem momentos de recreação e de lazer e se confraternizassem nas festas ali realizadas, o que aconteceu durante anos.

Com um olho clínico, idealizou e criou, o departamento médico, denominado de ASPLAMED, para cuidar da saúde de milhares de plantadores de cana, que procuravam atendimento médico e odontológico, além de oferecer total assistência médico hospitalar, em convênio com o Hospital da Agroindústria do Açúcar de Alagoas, antigo Hospital dos Usineiros.

Com uma visão social que empolgava, com seu dinamismo, criou o Departamento feminino da ASPLANA e o denominou de AFEPLAN, liderada pela bondosa senhora, Irene Lopes de Albuquerque, sua amada esposa.

Esse departamento feminino, com a fundamental ajuda, das esposas dos associados, fizeram um papel social de extrema importância, pois, nas viagens pelas diversas fazendas do interior de Alagoas, foram realizadas, palestras educativas, recreação, atendimento médico-odontológico e social, aos filhos dos plantadores de cana, que eram devidamente atendidos em um carro móvel totalmente equipado, onde tive a satisfação de iniciar a minha carreira, como médico.

Dr. João Carlos de Albuquerque Filho sempre será lembrado por ter sido um homem, que usou do humanismo, da sinceridade, da gratidão, da fidelidade, da dignidade, da honestidade, da eficiência e da eficácia, atributos ofertados por Deus, característica dos sábios e dos gênios, que o tornaram um mito na história da agroindústria açucareira em nosso estado.

*Jorge Luiz Soares Melo é Médico e Membro efetivo da Academia Alagoana de Letras. 

Galeria de ex-presidentes da ASPLANA.

CLIQUE AQUI e confira a biografia do Dr. João Carlos de Albuquerque Filho.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias