Terça, 21 de Setembro de 2021
21°

Poucas nuvens

Atalaia - AL

Destaques Cidades Inteligentes

LOGÍSTICA perante a essência dos modais de transporte integrado ao contexto do desenvolvimento econômico é foco de estudo fomentado por docente da Engenharia de Produção CESMAC

"É PRECISO PLANEJAR, PRIORIZAR para poder ALCANÇAR", ressalta Maxwel Amorim.

12/08/2021 às 19h46 Atualizada em 18/08/2021 às 20h43
Por: Phablo Monteiro
Compartilhe:
Maxwel Amorim é egresso e docente do curso de Engenharia de Produção do Cesmac.
Maxwel Amorim é egresso e docente do curso de Engenharia de Produção do Cesmac.

Vamos falar sobre a importância do transporte para o desenvolvimento econômico?

Com o objetivo de analisar e contribuir com estudos no contexto das cidades inteligentes perante mobilidade urbana e o estímulo a competividade da produção agrícola e industrial de uma região, o docente e pesquisador Maxwel Amorim, que é egresso e docente do curso de Engenharia de Produção do Cesmac, analisa a importância dessa realidade integrada ao contexto logístico e ao desenvolvimento econômico, na gestão de projetos e na competitividade organizacional.

Maxwel é especialista em logística e Supply Chain Management, Engenheiro Especialista em Segurança do trabalho e Saúde Ocupacional, Mestre em Análise de Sistemas Ambientais pelo Programa de Pós-Graduação Análise de Sistemas Ambientais (PPGASA/Cesmac), além de ser consultor industrial e perito oficial com diversos trabalhos aplicados ao planejamento urbano, projetos industriais, engenharia de operações e processos, engenharia do trabalho, inteligência de negócios e gestão, mapeamento e diagnóstico rural e urbano, mobilidade urbana, inovação e tecnologia, entre outros.

“Precisamos garantir economia de presença de mercado, de custos, de escopo e de densidade buscando estimular alto grau de conectividade de um grande número de serviços diretos e indiretos; favorecer o custo-benefício competitivo, ampliar a capacidade de serviços; e estimular a redução de custos em função da intensidade de uso.”, reforça o pesquisador. A iniciativa foi impulsionada pelo envolvimento do engenheiro com projetos de estudos locacionais ao favorecimento de projetos de fábrica e instalações industriais acerca de distritos industriais locais em benefícios do desenvolvimento econômico e do planejamento estratégico desenvolvido em alguns municípios alagoanos.

O trabalho mostrou “que existe uma grande necessidade em gerenciar transportes e mobilidade urbana para o gestor, pois deve se preocupar com ações que vão além expansão territorial, zoneamento das áreas econômicas, ecológicas, agrícolas e industriais”, detalha o professor. Segundo Maxwel, o processo inclui o uso da inteligência competitiva com a gestão da informação para monitoramento de tendências, que vêm sendo utilizadas no mercado em geral.

O pesquisador, que é natural do município de Atalaia (AL), destaca ainda que nas condições ideais de capacidade e desempenho, se estabelece a disponibilidade: o quanto o meio de transporte contribui efetivamente para a manutenção constante da conexão entre mercados. Nas condições ideais de capacidade de carga para o ambiente em que trafega, se estabelece a governabilidade que permite chegar ao local exato por meio de rotas fixas ou livres. Nas condições ideais de desempenho no ambiente em que se desloca, se estabelece a confiabilidade que abrange a segurança e a integridade de bens e pessoas.

A tendência é que Estados, Municípios e União estejam cada vez mais aparelhados, nos aspectos administrativo e tecnológico, fazendo uso de forma mais efetiva desses mecanismos em benefício da população. “Para manter um estado de controle e gestão dedicada, estrategicamente as tendências e a evolução e desenvolvimento urbano, os órgãos e as entidades da Administração Pública necessitam realizar um planejamento estratégico que deslumbre coerentemente o desenvolvimento econômico integrado”, acrescenta o professor, engenheiro e pesquisador.

A análise feita no estudo fomentado também é relevante para provocar a reflexão das gestões públicas e privadas sobre a dinâmica das cidades prevista no plano plurianual estarem de fato preparadas para essa nova realidade urbana e de que forma toda essa estrutura pode ser bem aplicada em cada região. O pesquisador destaca ainda que para oferecer bens e serviços à população, realizar obras e manter programas, é necessário que cada governante e sua equipe planeje o que deve ser feito, organize as demandas da sociedade e submeta sua proposta à apreciação dos parlamentares. Para tanto, o Plano Plurianual (PPA) é imposto pela legislação para direcionar o administrador na gestão dos recursos públicos, de modo a estabelecer programas governamentais e seus desdobramentos.

"É PRECISO PLANEJAR, PRIORIZAR para poder ALCANÇAR", ressalta Maxwel Amorim.

A relação que deve existir entre o Desenvolvimento Econômico Regional e a mobilidade urbana sob a perspectiva do planejamento está em estimular o desenvolvimento ampliando a estrutura produtiva e urbana, e a provisão de serviços públicos para a redução das desigualdades socioeconômicas e aprimorar planejamento, gestão e infraestrutura de mobilidade urbana e acessibilidade estabelecendo melhores condições de moradia e convívio social.

O engenheiro destaca que o sistema de transportes vem sofrendo modificações devido aos avanços tecnológicos e à globalização, mas que o Plano Plurianual (PPA) é o principal instrumento de elo entre o planejamento governamental e as ações efetivas que visam a resolver um problema da sociedade.

“Logística foca nas técnicas para o tratamento das principais questões envolvendo o transporte, a movimentação, o estoque e o armazenamento de insumos e produtos, visando a redução de custos, a garantia da disponibilidade do produto, assim como o atendimento dos níveis de exigência dos clientes estimulando a econômica e favorecendo o desenvolvimento de uma região, conclui Maxwel Amorim.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias