Segunda, 17 de dezembro de 2018
82 9 9131 8010
Brasil

26/11/2018 às 22h29 - atualizada em 30/11/2018 às 08h25

156

Phablo Monteiro

Atalaia / AL

Procurador-geral de Justiça em exercício participa em Brasília de seminário internacional para discutir proteção ambiental no Brasil e no Mundo
Dr. Márcio Roberto é natural do município de Atalaia.
Procurador-geral de Justiça em exercício participa em Brasília de seminário internacional para discutir proteção ambiental no Brasil e no Mundo
Procurador-geral de Justiça Márcio Roberto ao lado de Raquel Dodge, atual rocuradora-geral da República do Brasil.

O procurador-geral de Justiça em exercício, Márcio Roberto, participou, nesta segunda-feira (26), em Brasília, do “V Seminário Internacional : Água, Floresta, Vida e Direitos Humanos”, promovido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), pela Procuradoria-Geral da República(PGR) e pela Escola Superior do Ministério Público (ESMPU) e que reuniu especialistas de vários países para tratar da defesa e proteção do meio ambiente no Brasil e no mundo. Na ocasião, ao lado da presidente do CNMP e procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ele firmou adesão ao acordo de cooperação técnica objetivando a disponibilização também ao Ministério Público de Alagoas, do Aplicativo "Água Para o Futuro.


Márcio Roberto entende como imprescindível o empenho de todos para que o mundo respire e viva melhor, ressaltando o compromisso do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) nessa causa.


“A adesão ao mencionado acordo de cooperação junto ao CNMP, possibilitará o acesso, gratuitamente, de todos os órgãos de execução do Ministério Público de Alagoas a uma ferramenta de tecnologia de ponta, permitindo assim uma pronta, célere e proativa prestação de serviços ao povo das Alagoas; porquanto terão melhor desempenho em defesa do Meio Ambiente, do homem e de todas as demais manifestações de vida", afirma o procurador-geral em exercício.


O MPE/AL não tem medido esforços para coibir depredações ao meio ambiente e seus membros têm demonstrado um acompanhamento preciso em todas os municípios alagoanos, bem como adotado todas as medidas cabíveis diante das mais diversas irregularidades.


“Como bem define o tema do seminário, tratamos de vida e a natureza requer olhares diferentes, investimentos e mais compromisso para que sobreviva e garanta um planeta mais saudável. É preciso que as pessoas reflitam com zelo sobre essa obrigação de defendê-la e o Ministério Público não estará alheio a nenhuma causa”, ressalta o chefe ministerial em exercício.


O evento tem encerramento programado para esta terça-feira (27). Nos dois dias, vários temas são pauta de discussões, entres eles : estão a visão da imprensa na evolução da proteção ambiental nos 30 anos da Constituição Cidadã; o papel das escolas de capacitação em direito ambiental: perícia ambiental, negociação em causas complexas e situação de defensores socioambientais; água para o futuro: nascentes e fauna; a jurisprudência socioambiental nos 30 anos da Constituição; a proteção das florestas nas perspectivas científica, ética e jurídica; e os avanços e desafios na proteção das florestas no direito comparado.

FONTE: Texto Dulce de Araújo Melo - Site www.mpal.mp.br

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium