Quinta, 29 de Setembro de 2022
22°

Poucas nuvens

Atalaia - AL

Cidade BRK Ambiental

Projeto Aqualuz leva água potável para famílias da zona rural de Atalaia

Iniciativa promovida pela BRK visa atender comunidades em situação de vulnerabilidade que estão fora da área de atuação da empresa no município

09/08/2022 às 16h38
Por: Phablo Monteiro Fonte: Texto: Bárbara Pacheco / Fotos: SDW
Compartilhe:
Iniciativa promovida pela BRK visa atender comunidades em situação de vulnerabilidade que estão fora da área de atuação da empresa no município.
Iniciativa promovida pela BRK visa atender comunidades em situação de vulnerabilidade que estão fora da área de atuação da empresa no município.

Cem famílias de baixa renda da zona rural de Atalaia passaram a ter acesso à água potável após a implantação do Projeto Aqualuz. Promovido pela BRK em parceria com a Sustainable Development and Water (SDW), startup de impacto socioambiental reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), a iniciativa é voltada para comunidades em situação de vulnerabilidade que não estão incluídas na área de concessão da empresa no município.

Por meio de uma tecnologia que trata água de cisternas através da radiação solar, o Aqualuz assegura às famílias beneficiadas uma água pura e própria para consumo. O produto, que tem validade de 20 anos, trata a água sem aditivos químicos e já beneficiou mais de 5 mil pessoas em 15 estados brasileiros. Em dias de sol intenso, o equipamento chega a tratar até 20 litros de água.

Além de disponibilizar a tecnologia para famílias em situação de vulnerabilidade, a iniciativa visa reduzir a incidência de doenças de veiculação hídrica e melhorar o desempenho escolar das crianças. De acordo com o diretor presidente da BRK em Alagoas, Fernando Mangabeira, o projeto reforça o compromisso da empresa com o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde atua.

“Com esse projeto inovador, encontramos uma forma de ampliar o acesso à água potável no município em regiões que estão fora do escopo contratual da empresa. Mais do que a excelência na prestação dos serviços de saneamento, a BRK está comprometida com iniciativas de responsabilidade social que levam dignidade, saúde e qualidade de vida para as pessoas”, destacou.

Iniciado em fevereiro deste ano com um amplo trabalho de diagnóstico da região, o projeto contempla famílias das comunidades de São Luiz Triunfo, São Luís Timbosinho, Sucupira, São Macário, Chã da Jaqueira da Floresta e Olhos D’Água/Sapé. Além do levantamento de dados e cadastramento das famílias beneficiadas, a iniciativa inclui a capacitação de multiplicadores para o uso e manutenção da tecnologia antes da instalação do Aqualuz.

As cem famílias contempladas no município de Atalaia já passaram por essas etapas e estão, agora, na fase de monitoramento, última etapa do projeto. Por meio do acompanhamento remoto e presencial, as equipes da SDW, que já desenvolveram um trabalho de proximidade com as comunidades, auxiliam as famílias, reforçam os treinamentos e coletam dados que vão gerar indicadores ao longo da ação.

Como funciona o Aqualuz?

O Aqualuz é um dispositivo sustentável que pode ser instalado na parte externa de quaisquer cisternas para tratar a água por meio da exposição ao sol. A solução de baixo custo viabiliza água potável para as famílias do semiárido brasileiro, com a eliminação completa das bactérias sem usar nenhum produto químico.

O equipamento é composto por uma caixa de inox com uma tampa de vidro, que permite a incidência da radiação solar, e um sensor termossensível que muda de cor para indicar quando o processo de tratamento da água é finalizado. Dessa forma, o usuário enche o equipamento com água da cisterna e deixa exposto ao sol por pelo menos quatro horas, tempo suficiente para efetivar o tratamento. Após a alteração da cor do sensor, a água pode ser retirada e resfriada para o consumo.

Confira os vídeos do projeto em Atalaia:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias