Saúde Reconhecimento

Enfermeira alagoana recebe prêmio nacional por programa aplicado em Atalaia

O prêmio de inovação em enfermagem foi entregue pelo Cofen e pela Opas.

11/12/2020 12h35 Atualizada há 1 mês
605
Por: Phablo Monteiro Fonte: Coren AL
Enfermeira Mara Gabriela recebendo o prêmio de experiência inovadora desenvolvida no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).
Enfermeira Mara Gabriela recebendo o prêmio de experiência inovadora desenvolvida no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O programa “Circuito Eu Sou SUS Pré-Natal” instalado na Unidade de Saúde Branca II, no município de Atalaia, em Alagoas, pela enfermeira Mara Gabriela recebeu, na última quarta-feira (9), o prêmio de experiência inovadora desenvolvida no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Outras 15 experiências desenvolvidas por trabalhadores enfermagem foram premiadas pelo Laboratório de Inovação em Enfermagem, projeto de cooperação técnica da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) e do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).

Com máscaras e distanciamento social, a cerimônia contou com a presença do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretarias Nacionais de Saúde (Conasems), Ministério da Saúde (MS), Ministério da Educação (MEC) e da Associação Brasileira de Enfermagem (Aben), e teve transmissão ao vivo pela internet.

Emocionada, a enfermeira Mara Gabriela agradeceu a premiação. “É muita emoção ter esse reconhecimento, vim da zona rural do interior de Alagoas para se destacar nacionalmente. Quero agradecer também a todos os guerreiros que fazem parte desse projeto junto comigo”, afirmou.

O “Circuito Eu Sou SUS Pré-Natal” reúne etapas que a mulher percorre durante a gestação, impressas em um cartão, onde há espaços para os profissionais da saúde registrarem as ações preconizadas pelo Ministério da Saúde. São dados das consultas de pré-natal médico-enfermeira; consulta do papai; atividades educativas; testes rápidos; imunização; saúde bucal; visita a maternidade, construção do plano de parto; ensaio fotográfico e consulta domiciliar puerperal.

Segundo Mara Ferreira, seu projeto, além do fortalecimento do SUS, promove o empoderamento das gestantes nas atividades essenciais para pré-natal seguro. “Através de um circuito ilustrativo, em um único campo de visão, auxilia a gestante a ter conhecimento de todas etapas que ela deve percorrer”, explicou.

Com a ação, Atalaia passou a atender mais 90% das gestantes do município.  Além de aumentar a cobertura do direito à saúde, Atalaia ultrapassou a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL), Renné Costa, afirma que são ações como essas que o Estado precisa. “Estamos orgulhosos e felizes com esse reconhecimento da enfermagem alagoana. Assim como Mara, diversos profissionais vão além das suas obrigações e desempenham projetos que mudam as vidas das pessoas de toda uma cidade”, destacou Renné.

Premiação

As práticas foram selecionadas pelo Laboratório de Inovação em Enfermagem, ferramenta de cooperação técnica desenvolvida pelo organismo internacional há uma década no país, que analisou 329 relatos de experiências provenientes de todo o país. As experiências se destacaram pela inovação, êxito e relevância para a Enfermagem e para o SUS.

Confira a premiação:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Atalaia Pop (@instaatalaiapop)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias