Sexta, 14 de Junho de 2024
24°

Tempo nublado

Atalaia, AL

Cidade Mulher Conectada

Empresa alagoana desenvolve aplicativo voltado às mulheres

Ferramenta possibilita que prefeituras atuem com mais celeridade no combate à violência de gênero e amplie o acesso a políticas públicas.

19/04/2023 às 15h55 Atualizada em 21/04/2023 às 15h58
Por: Phablo Monteiro Fonte: Texto: Cadu Amaral
Compartilhe:
a PFB Soluções Municipais desenvolveu o aplicativo Mulher Conectada para que as prefeituras prestem serviços com maior celeridade e qualidade.
a PFB Soluções Municipais desenvolveu o aplicativo Mulher Conectada para que as prefeituras prestem serviços com maior celeridade e qualidade.

Os casos de feminicídio têm sido registradas com maior frequência no Brasil, assim como a exigência dos gestores em oferecer políticas públicas voltadas para as mulheres. Pensando em como potencializar o combate à violência de gênero e o acesso a ações governamentais voltadas ao público feminino, a PFB Soluções Municipais desenvolveu o aplicativo Mulher Conectada para que as prefeituras prestem esses serviços com maior celeridade e qualidade.

“Desenvolvemos o aplicativo a partir da problemática da violência contra a mulher, como também diante do aumento de políticas públicas voltadas a elas em todas as esferas da administração pública. O poder público está tendo grande interesse em oferecer ações específicas voltadas para as mulheres. Nesse sentido, elaboramos o aplicativo para juntar tanto a questão da violência contra a mulher porque os casos de feminicídio têm aumentado no Brasil ano após ano, infelizmente”, comenta Eduardo Ferreira, um dos sócios da PFB Soluções Municipais, ao lado de Francisco Batinga e Igor Peclat.

Os sócios destacam, como diferencial do Mulher Conectada, o fato de o “botão de pânico” direcionar os pedidos de socorro para órgãos específicos escolhidos pelas prefeituras que adquirirem a plataforma.

Continua após a publicidade

“O botão de pânico dá o diferencial do nosso sistema porque o ele envia diretamente o pedido de socorro às prefeituras, que podem ter algum órgão direcionado para esses casos ou base da Polícia Militar. Outros aplicativos enviam essas mensagens para centrais gerais, como o COPOM, que tem demanda muito alta, o nosso para uma central específica”, comenta Eduardo Ferreira. “No nosso aplicativo, a prefeitura cadastra um local específico para que a mulher seja atendida da melhor forma possível. Daí, pode ser uma guarda especializada, como a Patrulha Maria da Penha, pode ser uma sala de monitoramento, o que a prefeitura avaliar ser melhor para dar respostas mais rápidas”, completa.

POLÍTICAS PÚBLICAS

O Mulher Conectada não só ajuda às mulheres e às prefeituras a combater a violência de gênero. A ferramenta também possibilita a facilitação de acesso a programas e ações dos gestores municipais voltados para as mulheres.

“Em relação às políticas públicas, o aplicativo diz muito acerca do que as prefeituras apresentam à mulher, cursos ou ações como creches, entregas de cestas básicas e outros serviços. Todas as ações de políticas públicas para as mulheres, nós cadastramos no aplicativo para que as mulheres se cadastrem junto às prefeituras. Nós linkamos essas duas questões. Hoje, temos vários aplicativos voltados somente à temática da violência contra a mulher”, explica. “A mulher não é só a questão da violência, ela tem de ter resguardado todos os seus direitos e participar ativamente da sociedade. Por isso, atuamos nessas duas frentes”, completa Eduardo Ferreira.

JÁ EM ATIVIDADE

A primeira versão do aplicativo da PFB Soluções Municipais já está em atividade na cidade de São Miguel dos Campos, no interior de Alagoas, que batizou a plataforma de “Mulher Miguelense”. De acordo com os sócios da empresa, as prefeituras podem rebatizar o programa para aproximar mais o instrumento de sua população.

A versão usada pela Prefeitura de São Miguel já está disponível para aparelhos Android e, em breve, também estará disponível para IOS.

CONTATO A PFB SOLUÇÕES MUNICIPAIS

Francisco Batinga: 

(82) 99403-3578;

Eduardo Ferreira: 

(82) 99115-1347;

Igor Peclat 

(82) 98136-5776

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias