Câmara Municipal Poder Legislativo

Câmara de Atalaia retoma sessões nesta próxima terça-feira (23)

Retorno terá medidas de restrição por conta da pandemia do novo coronavírus.

19/02/2021 17h52 Atualizada há 2 dias
254
Por: Phablo Monteiro
Sessão plenária volta nesta próxima terça-feira (23).
Sessão plenária volta nesta próxima terça-feira (23).

A Câmara Municipal de Atalaia retomará as sessões plenárias presenciais nesta próxima terça-feira (23), a partir das 9 horas. Será a primeira sessão ordinária desta nova Legislatura (2021-2024). 

O presidente do Legislativo, o vereador Cicinho (PSC), falou sobre o retorno dos trabalhos na Casa Hilton Agra de Albuquerque. 

“A população pode esperar uma Câmara atuante, uma Câmara que vai lutar pelos direitos do povo em geral, não apenas de uma categoria específica. É uma Câmara que vai lutar pelas coisas corretas. Acredito que se fizermos isso, nosso município só vai ter a crescer. Vamos esquecer as picuinhas de política e de grupos políticos, e trabalhar em prol de Atalaia. Este será o intuito da Câmara de Vereadores, nesta Legislatura”, destacou Cicinho.

Além do vereador Cicinho, presidente eleito para o biênio 2021-2022, representam a população atalaiense nesta Legislatura, os seguintes vereadores: Lays Melo (Vice-Presidente), Anderson Medeiros (1º secretário), Rudinho (2º secretário), Fernando Vigário, Alexandre Tenório, Anilson Júnior, Marcos Rebollo, Tacinho, Mauricio Tenório, Janaína do Cal, Neto Acioli e Toni Barros.

Diante da pandemia do novo coronavírus, a Casa seguirá um protocolo de segurança com medidas de prevenção à Covid-19. “Será feito o distanciamento do público nas cadeiras, com o objetivo de limitar a ocupação da Casa. Álcool em gel para todos que entrarem e só será permitido a entrada com máscara. Todo o procedimento necessário de prevenção vai ser feito aqui na Câmara de Vereadores, dando assim mais segurança a população que venha acompanhar a sessão”, comentou.

Como acontece desde o ano de 2009, as sessões terão cobertura do site www.atalaiapop.com.

Vereador Cicinho (PSC), presidente da Câmara Municipal de Atalaia.

Sobre a nova composição da Mesa Diretora, o presidente Cicinho, vereador de quatro mandatos e presidente da Casa também no inicio da década de 90, comenta que a experiência mesclada com a juventude vai ajudar na condução dos trabalhos da Casa.

"É sempre importante a renovação. Esses jovens vereadores trazem novos pensamentos e vamos unir essa juventude, com a minha experiência. Em 1993 fui presidente da Câmara de Vereadores de Atalaia e só tinha 22 anos e graças a Deus sai pela porta da frente, tendo cumprido o meu dever como presidente. Isso irei fazer também nesta Legislatura, pois Atalaia e seu povo precisa de um respaldo da política, um respaldo positivo. Temos que vê nossa cidade nas páginas, como uma cidade boa, que o povo venha visitar e que tenha desenvolvimento. Não tenham duvidas que esses jovens políticos terão uma grande importância na Câmara. Nunca sabemos tudo, estamos aqui para aprender e vou aprender com eles e eles vão aprender comigo”, destaca o presidente.

Sobre o quanto o Poder Legislativo será importante neste processo de reorganização que vem sendo implantado pelo Poder Executivo, o vereador destacou que a Câmara está preparada para ser parceria nesse trabalho. 

“Foi muito importante que Atalaia tenha se atentado para uma renovação. Para essa renovação, o Executivo vem tomando decisões que está mexendo com o município. Agora, são decisões que são necessárias para que o município se desenvolva. Existia uma gestão que tinha uma maneira de governar e hoje temos uma nova gestão. No que a Câmara vai poder ajudar? Através dos projetos que vão vim via Executivo, para ajustar o que estiver de errado. As vezes pode até está certo, mas dentro da realidade do nosso município, está errado. A gente vê muito a questão dos salários, com muita gente reclamando, mas, não tem condições de fazer pagamento de super salários. A Câmara vai analisar os projetos, para que o Executivo tome as decisões corretas”, destaca Cicinho.

O presidente também pontua que será uma Câmara aberta ao diálogo. “Vamos está sempre do lado de quem tem direito. Quem não tiver, vamos conversar, mostrar que não tem e que é preciso que se adeque a esse novo modo de vida, porque direito se dá a quem tem. É preciso que se tenha mudança e hoje já estamos vendo essas mudanças, a exemplo dos PSF’s que estão funcionando os dois horários, obedecendo a carga horária de 8 horas. O Governo não está fazendo ninguém de escravo, pois ninguém está passando de sua carga horária. Pode sim adotar as seis horas direta, sem as duas horas de almoço, mas isso é uma decisão da prefeita. Com essa organização o município só tem a ganhar”.

O vereador Cicinho reforça que a Câmara estará com as portas sempre abertas para receber a população. “Já disse a algumas entidades de classe que a Câmara vai está sempre de portas abertas. A Câmara é a Casa do povo. Agora, é preciso lembrar que é a Casa do povo que estiver certo. O que estiver errado, não adianta vim pra cá tentar tumultuar os trabalhos dos vereadores, porque as decisões nossas, principalmente a minha como presidente da Câmara, é decidir sobre o que é certo. Acredito que será uma Câmara muito atuante, que vai tá sempre ao lado do povo no que for certo. No que não for certo, vamos tentar reajustar, conversar, achar uma maneira de melhorar. Mas, podem contar, pois acredito muito nesta Câmara de Vereadores”, completou  o presidente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias