Cidade Covid-19

Atalaia regride para a fase laranja do distanciamento social controlado

A medida começa a valer à 0h de segunda (8) e vai até meia-noite de segunda-feira (15).

07/03/2021 20h16
296
Por: Phablo Monteiro
Foto: Agência Alagoas.
Foto: Agência Alagoas.

O município de Atalaia, de Maceió e os demais municípios da Zona da Mata, Litoral e região metropolitana, regrediu da fase amarela para a laranja do plano estadual do distanciamento social. A nova classificação foi anunciada pelo governador do estado, Renan Filho (MDB), em entrevista coletiva na tarde deste domingo (7). A medida começa a valer à 0h de segunda (8) e vai até meia-noite de segunda-feira (15).

Já o Sertão e o Agreste alagoano regrediram à fase vermelha e terão mais medidas de isolamento para conter a propagação do novo coronavírus. 

Para retroceder de fase, o governo levou em conta a piora de indicadores da pandemia no estado, como o aumento na taxa de ocupação de leitos e da média de mortes nas últimas semanas. Alagoas ultrapassou neste domingo, a marca de semana a marca de 3.087 mil mortes por Covid-19.

"Dizer que esse é um domingo diferente para o alagoano, mas um domingo importante. Estamos a aproximadamente dois meses no máximo de imunizar o grupo de risco para essa doença. Portanto, neste período, a gente precisa estar muito atento. Não corra o risco de ver a sua mãe, o seu pai, de ver o seu vizinho adoecer, precisar de um leito de UTI e ter muita gente doente ao mesmo tempo e ele ter dificuldade. Principalmente uma semana antes dele tomar a vacina", disse o Renan Filho.

Fase laranja

• bares e restaurantes: 6h até 20h segunda à sexta. Fecham sábado e domingo, funcionam apenas por delivery.

• igrejas e academias: 30% da capacidade

• marinas e clubes náuticos: fecham nos finais de semana

As permissões para reabertura na fase laranja

Aplicação das medidas sanitárias gerais e aplicação das medidas específicas para cada setor autorizado:

• todos os setores autorizados na Fase Vermelha (serviços essenciais, como supermercados, farmácias e locais que prestem serviços de saúde, higiene, limpeza e alimentação);

• lojas ou estabelecimentos de rua com até 400 m² (quatrocentos metros quadrados);

• salões de beleza e barbearias;

• templos, igrejas e demais instituições religiosas, funcionando com 30% (trinta por cento de sua capacidade).

Foto: Agência Alagoas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias