Cidade Fase Amarela

Atalaia e os demais municípios de AL regridem à fase amarela do distanciamento social controlado

Todo Estado estava desde setembro de 2020 na fase azul, com regras mais flexíveis.

04/03/2021 20h12
390
Por: Phablo Monteiro Fonte: G1/Al
Renan Filho anuncia que municípios alagoanos regridem à fase amarela. Foto: Governo de Alagoas
Renan Filho anuncia que municípios alagoanos regridem à fase amarela. Foto: Governo de Alagoas

Após seis meses, o município de Atalaia volta à fase amarela do distanciamento social controlado, para tentar diminuir o avanço da pandemia do novo coronavírus. O anuncio foi feito pelo Governo de Alagoas nesta quinta-feira (4), que resolveu regredir de fase todos os 102 municípios. A medida vale por sete dias, mas pode ser prorrogada.

Todo Estado estava desde setembro de 2020 na fase azul, com regras mais flexíveis.

O governo levou em conta a piora de indicadores da pandemia no estado, como o aumento na taxa de ocupação de leitos e da média de mortes nas últimas semanas. Alagoas ultrapassou nesta semana a marca de 3 mil mortes por Covid-19.

"Nós tomamos uma decisão de não restringir drasticamente, mas vamos seguir observando os indicadores, vamos seguir abrindo leitos, entretanto, é fundamental que as pessoas compreendam que a doença não é individual, a doença é coletiva", destacou Renan Filho, durante a coletiva que aconteceu de forma on-line. 

Veja as principais regras na fase amarela

• Fica suspenso todo tipo de evento, privado ou público.

• Fica proibido o funcionamento de boates e casas de festas.

• Bares e restaurantes só estão autorizados a funcionar até as 23h.

• Shoppings vão funcionar das 11h às 21h.

• Lojas de rua vão funcionar das 10h às 19h.

• Lojas do centro de Maceió vão funcionar das 9h às 17h.

• Cirurgias eletivas (não urgentes) ficam suspensas por 15 dias.

• Aulas na rede privada continuam mantidas no modelo híbrido (presencial e on-line). Originalmente, a retomada das aulas só seria permitida na fase verde, mas foi autorizada já na fase azul.

O Governador Renan Filho não descartou a possibilidade de retroceder mais uma fase caso não haja melhora nos indicadores da pandemia.

"Se o distanciamento social, o uso da máscara, as medidas de higiene pessoal não forem intensificadas, associadas às medidas que nós tomamos hoje, nós veremos a nossa taxa de ocupação hospitalar crescer. E quando cresce, quando a gente não tiver mais UTIs para atender as pessoas, significa que mais gente morre", afirmou Renan Filho.

Foto: Governo de Alagoas.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Associação dos Municípios AL (@amaalagoas)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias