Domingo, 03 de Março de 2024
27°

Tempo nublado

Atalaia, AL

Cultura Destaque

Afro Odara foi uma das atrações da programação cultural de fim de ano realizada pelo Mercado das Artes 31, em Jaraguá

Desde 2012 o grupo afro atalaiense vem ganhando espaço e se tornando em um dos maiores grupos afros de Alagoas.

01/01/2024 às 18h46 Atualizada em 05/01/2024 às 16h48
Por: Phablo Monteiro Fonte: Fotos: Divulgação
Compartilhe:
Afro Odara foi uma das atrações da programação cultural de fim de ano realizada pelo Mercado das Artes 31, em Jaraguá.
Afro Odara foi uma das atrações da programação cultural de fim de ano realizada pelo Mercado das Artes 31, em Jaraguá.

Em sua última apresentação do ano de 2023, a banda Afro Odara, do município de Atalaia, foi das convidadas na noite deste sábado (30), participando da programação cultural especial de fim de ano realizada pelo Mercado das Artes 31, em Jaraguá, Maceió.

Convidados pelo músico Igbonan Rocha, banda Afro Odara realizou mais uma grande apresentação, levando muito samba, reggae e axé para o evento, conquistando e envolvendo todo o público presente, que em sua maioria era turistas que acabaram de desembarcar em Alagoas para o Réveillon.
 
“Obrigado a cada um dos nossos músicos por acreditarem nesse projeto, que não trata-se somente da música, mas de uma luta contra todo e qualquer tipo de descriminação com a religiões de matriz africana e o povo preto desse país. Odarize-se com o som atômico dos tambores de uma das maiores bandas afros do estado de Alagoas”, destaca o músico Felipe Kauê, maestro e fundador do grupo.

A Afro Odara recentemente representou Atalaia e Alagoas no estado de Sergipe, em dos eventos mais tradicionais do estado sergipano. Desde 2012 o grupo afro atalaiense vem ganhando espaço e se tornando em um dos maiores grupos afros de Alagoas.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias