Sábado, 18 de Maio de 2024
24°

Tempo nublado

Atalaia, AL

Cidade Em Atalaia

Projeto “Ministério em Público” realiza semana de atividades no povoado Ouricuri, em Atalaia

Ao final, foi elaborado um termo de audiência pública, que servirá de base para que as autoridades tomem as medidas necessárias para garantir os direitos da população.

13/05/2023 às 09h25 Atualizada em 17/05/2023 às 21h22
Por: Phablo Monteiro Fonte: MPEAL / Ethiene Fonseca
Compartilhe:
Projeto “Ministério em Público” realiza semana de atividades no povoado Ouricuri, em Atalaia.
Projeto “Ministério em Público” realiza semana de atividades no povoado Ouricuri, em Atalaia.

Com uma audiência pública, o Ministério Público de Alagoas encerra nesta sexta-feira (12) um ciclo de atividades no povoado Ouricuri, no Município de Atalaia. Ao longo da semana, o MP realizou encontros para tratar sobre temas de interesse da comunidade. A iniciativa faz parte do projeto “Ministério em Público”, que busca aproximar a instituição da sociedade.

O promotor de Justiça Bruno Baptista explica que as atividades em Ouricuri começaram na segunda-feira (8) com uma palestra sobre o papel da mulher na sociedade. Na terça, foi realizado um encontro sobre o combate ao abuso sexual, em menção à campanha Maio Laranja.

“Na quarta-feira, a equipe da Polícia Militar que coordena do Proerd esteve na escola do povoado para conversar com os alunos sobre os malefícios relacionados ao uso de drogas. Na quinta-feira, eu fiz uma fala sobre corrupção, moral e ética, em que busquei explicar para os estudantes questões relacionadas ao assunto”, relata o promotor Baptista.

Continua após a publicidade

O ciclo de palestras deu origem a um concurso de redação voltado aos estudantes do povoado. Eles deverão escrever sobre os assuntos debatidos durante os encontros. Os membros do Ministério Público, Poder Judiciário e Defensoria Pública ficarão responsáveis por escolher as melhores redações. Os cinco estudantes com melhor colocação serão premiados.

Audiência

Para finalizar, o Ministério Público realizou audiência pública na sexta-feira com o objetivo de ouvir os moradores do povoado sobre os principais problemas que eles enfrentam quando o assunto é acesso a serviços públicos essenciais. O evento contou com a participação de representantes de outros órgãos públicos.

“A audiência pública contou com a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Defensoria Pública e BRK Ambiental. No encontro, os moradores puderam levar às autoridades as suas demandas básicas relativas à saúde, educação, segurança e abastecimento de água. Foi uma oportunidade para que pudéssemos ter acesso às reivindicações da população”, pondera o promotor Baptista.

Ao final, foi elaborado um termo de audiência pública, que servirá de base para que as autoridades tomem as medidas necessárias para garantir os direitos da população.

Parceria

Na sexta-feira, o projeto do MP contou também com a participação do “Expresso da Cidadania”, iniciativa desenvolvida pela Defensoria Pública do Estado de Alagoas. Na ocasião, os moradores puderam tirar dúvidas e receber atendimento sobre questões jurídicas e judiciais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias