Quinta, 29 de Setembro de 2022
24°

Poucas nuvens

Atalaia - AL

Cidade Buscando Solução

Legislativo e Executivo pedem apoio ao Ministério Público para que a BRK regularize o serviço de abastecimento de água no município

Também foi sugerida a suspenção da cobrança da conta de água da população que vem sendo atingida.

01/09/2022 às 12h52 Atualizada em 15/09/2022 às 20h26
Por: Phablo Monteiro
Compartilhe:
Reunião com o promotor de Justiça de Atalaia, contou com as presenças da vice-prefeita, vereadores e secretário de Governo.
Reunião com o promotor de Justiça de Atalaia, contou com as presenças da vice-prefeita, vereadores e secretário de Governo.

Na manhã desta quinta-feira (1), vereadores de Atalaia estiveram reunidos com o promotor de Justiça, Dr. Bruno Baptista, para solicitar do Ministério Público que cobre da empresa BRK Ambiental, a regularização do serviço de abastecimento de água no Distrito Santo Antônio e demais regiões do município.

Participaram da reunião o presidente da Câmara, vereador Cicinho Melo e os vereadores Rudinho Rodrigues, Lays Melo, Anderson Medeiros, Neto Acioli, Janaína do Cal, Anilson Júnior, Fernando Vigário e Mauricio Tenório. A vice-prefeita Camyla Brasil e o secretário municipal de Governo Nicollas Theotonio, também estiveram presentes e reforçaram a solicitação.

Com exatos um ano que a empresa substituiu o antigo SAAE e iniciou os trabalhos de captação e abastecimento de água em Atalaia, a BRK vem sendo alvo constante de críticas da população, que vem sofrendo com as constantes faltas de água nas torneiras. Na última terça, moradores do Distrito Santo Antônio fecharam a AL que corta aquela localidade, para chamar a atenção da empresa.

Para o vereador Rudinho Rodrigues, independente de lado político, todos estiveram unidos para buscar solucionar esse problema que atinge toda a população. “Nenhum vereador concorda com essa falta de compromisso da BRK. E a pedido dos demais vereadores, consegui agendar essa reunião com o promotor, para tratarmos desse serviço de má qualidade que a empresa vem desempenhando em nosso município ao longo de ano. Como vereador, não temos o poder de punir a BRK e pro isso pedimos ajudar ao Dr. Bruno Baptista, que nos atendeu e firmou compromisso de buscar uma reunião com representantes da BRK, para tomar as medidas legais cabíveis”, comenta o vereador.

Na oportunidade, foi sugerida a suspenção da cobrança da conta de água da população que vem sendo atingida, durante esse período de falta de abastecimento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias