Sexta, 12 de Agosto de 2022
20°

Pancada de chuva

Atalaia - AL

Cidade FGTS Calamidade

FGTS por calamidade: moradores de municípios atingidos por chuvas em Alagoas poderão sacar até R$ 6.220

Veja os 28 municípios que estão na lista, prazos e como fazer a solicitação.

05/07/2022 às 10h11 Atualizada em 14/07/2022 às 20h18
Por: Phablo Monteiro Fonte: G1.com / Renata Baptista
Compartilhe:
Ruas em Atalaia, em Alagoas, alagadas depois das fortes chuvas.
Ruas em Atalaia, em Alagoas, alagadas depois das fortes chuvas.

Quem mora em áreas que foram afetadas pelas fortes chuvas que atingiram Alagoas vai poder solicitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, os valores serão disponibilizados para saque após decretos municipais declarando o estado de calamidade e reconhecimento do Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio de portaria ministerial.

As 28 cidades alagoanas afetadas são: Atalaia, Branquinha, Cacimbinha, Cajueiro, Capela, Chã Preta, Colônia Leopoldina, Jacuípe, Jundiá, Limoeiro, Maceió, Major Isidoro, Maragogi, Matriz do Camaragibe, Marechal Deodoro, Murici, Paulo Jacinto, Pilar, Porto de Pedras, Quebrangulo, Rio Largo, Santana do Mundaú, São José da Lage, São Luiz do Quintunde, Satuba, Taquarana, União dos Palmares e Viçosa.

A partir desta segunda-feira (4), todas as agências da Caixa dos municípios afetados passam a abrir às 9h, uma hora mais cedo, para atender a população.

Após a definição, quem teve sua residência afetada poderá realizar o saque do FGTS de forma digital, sem necessidade de ir a uma agência, por meio do aplicativo FGTS, pela opção Saque Digital.

É necessário possuir saldo positivo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias