Quinta, 26 de Maio de 2022
25°

Chuva

Atalaia - AL

Cidade Parque do Futuro II

Ceci Rocha participa de reunião no MP para tratar do processo que visa reintegrar áreas do Parque do Futuro II

“Solicitei o apoio do Ministério e Defensoria Pública na luta pelo direito à moradia dos atalaienses que adquiriram os terrenos para realizar o sonho da casa própria", destaca a prefeita.

03/05/2022 às 16h21 Atualizada em 18/05/2022 às 19h29
Por: Phablo Monteiro Fonte: Fotos: Divulgação
Compartilhe:
Reunião no MPAL tratou sobre a reintegração de áreas no Parque do Futuro II.
Reunião no MPAL tratou sobre a reintegração de áreas no Parque do Futuro II.

A prefeita de Atalaia, Ceci Rocha, esteve em Maceió nesta terça-feira (3), onde participou de uma reunião na sede do Ministério Público, que tratou sobre o processo que visa reintegrar as áreas do Parque do Futuro II. 

“Solicitei o apoio do Ministério e Defensoria Pública na luta pelo direito à moradia dos atalaienses que adquiriram os terrenos para realizar o sonho da casa própria. Diante do perigo que os moradores correm de perder suas casas, não poderia ficar de braças cruzados e já estou na luta para preservar esse sonho”, destaca a prefeita.

No final do mês de março passado, cerca de 120 famílias foram surpreendidas com um mandado judicial de reintegração de posse referente aos terrenos e residências localizadas no Loteamento Parque do Futuro II. Porém, as famílias ali estabelecidas, compraram e pagaram de boa fé pelos terrenos onde edificaram as suas casas há cerca de 5 anos.  

Ceci Rocha também comentou que desde o primeiro momento da referida decisão judicial, pediu total apoio dos órgãos da Prefeitura, para que os moradores recebessem o apoio necessário.

“Também procurei os meios legais para que todos fossem representados juridicamente no processo e pudessem lutar pela sua moradia, que para mim é um direito sagrado”, ressalta a prefeita atalaiense.

A reunião foi comandada pelo Procurador Geral de Justiça, Dr. Márcio Roberto e contou ainda com a participação da Defensoria Pública, do procurador municipal Dr. Márcio Júnior, de advogados e moradores. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias