Sábado, 02 de Março de 2024
27°

Tempo nublado

Atalaia, AL

Câmara Municipal Análise Política

Artigo I Câmara Municipal: presidência, comportamento e anseios. Por: Igor Ulisses

Uma análise feita pelo jovem Igor Ulisses, para o Blog Um Jovem e a Política.

02/10/2021 às 11h14 Atualizada em 05/10/2021 às 21h37
Por: Redação
Compartilhe:
Câmara Municipal: presidência, comportamento e anseios. Por: Igor Ulisses.
Câmara Municipal: presidência, comportamento e anseios. Por: Igor Ulisses.

A gestão do Executivo municipal tem sido a grande pauta desse pequeno blog, mas é importante também trazemos para o debate público a gestão do Poder Legislativo municipal/Câmara, que assim como no Executivo, foram eleitos democraticamente para representar o ‘’povo’’, para legislar leis que sejam para o bem-estar da população, ou deveria ser, etc. Objetivo principal é de acordo com a realidade, analisar o comportamento, à presidência , os anseios da população em relação a Câmara Municipal.

A presidência

A eleição do dia 1 de janeiro deste ano para a mesa diretora do primeiro biênio (2021-2022) desta Legislatura que elegeu um velho conhecido da política atalaiense, o vereador Cicinho Melo (PSC) para a presidência. Político conhecido, de personalidade e com os aspectos que talvez a lagar experiência lhe confere, que é a maturidade e a capacidade para gerir a Casa. Também não podemos esquecer do fato de ter sido, no último pleito eleitoral, a grande base para a votação da atual prefeita no Distrito Santo Antônio. 

Continua após a publicidade

A sua gestão pode até transparecer ser um “pouco” tímida, para quem não acompanha o dia a dia da política. Tem enfrentado algumas dificuldades, assim como outros presidentes que por ali passaram, o que é normal, mas, é necessário saber superar as dificuldades e é isso que esperamos.

É provável que tenhamos em breve uma antecipação da eleição da Mesa Diretora para o segundo biênio (2023-2024). Uma prática que tem se tornando comum, tendo acontecido inclusive nas últimas Legislaturas. O que se ouve na ante-sala dos bastidores da política atalaiense, é que será reeleito com uma candidatura monopolista, ou seja, sem concorrentes.  Particularmente, não tenho nenhuma objeção à reeleição, contudo acho importante para o processo democrático outras candidaturas (mas, é logicamente algo interno) o objetivo era visar um sistema de rotatividade de gestão. Também é importante ressaltar o impacto que essa antecipação pode ter na próxima eleição municipal de 2024, seja positivo ou negativo, mas isso só o tempo dirá. 

O comportamento

O comportamento da Câmara durante esses nove messes foram positivos. Primeiro que alguns entenderam que é necessário romper com as tradições antigas da política e inovar, como a vereadora Lays Mello (PSC), realizado live com personalidades importantes do município e ações sociais. 

O vereador Marcos Rebollo (MBD) que ganhou um protagonismo com o projeto “Direito de Ouvir”, que é sem dúvidas de suma importância, principalmente para a classe vulnerável do município. 

Também vieram indicações importantes para o município, como a do vereador Rudinho (PSC) para a instalação de um ponto do Instituto de Identificação. 

A indicação do vereador Anderson Medeiros (PSC) para a “Rua Fechada” ao fim de semana para prática de lazer e convívio social etc.

Já a vereadora Janaína do Cal (MBD), que vestiu a camisa da gestão e tem sido uma grande apologista e é uma vereadora muito importante para a agremiação da atual Prefeita e Deputada Fátima Canuto, segue trabalhando ao lado da gestão. 

O vereador Neto Acioli (PP) tem feito um bom trabalho nas regiões mais próximas a usina Copervales. 

O vereador Maurício Tenório (MBD) com a sua oposição a atual gestão. 

E, tem alguns que aderiram ao silêncio como a melhor estratégia diante á atual conjuntura política, para não atrapalhar projetos futuros.

Os anseios da população

A Câmara pode e deve ser protagonista da mudança em Atalaia, como elaborar leis de abertura de transição de cidades tradicionais para cidades inteligentes. Também já escrevi posteriormente sobre a importância de acompanhar as tendências da sociedade, como: após a eleição de 2020 se iniciou um novo ciclo político/eleitoral, ou seja, não se ganha uma eleição como antigamente, com o poder econômico. Hoje é necessário qualquer político aderir à uma estratégia de marketing de comunicação política e de marketing direito com a população – são duas vias de mão dupla portanto é necessário os vereadores aderirem a isso, mas vale lembrar que não adianta ter um marketing sem ter trabalho para mostrar. Por isso é necessário trabalhar, seja diretamente como a população (como é tradição) ou de forma indireta.

A pandemia nos levou a viver de uma forma mais intensa o mundo virtual, isso também é importante : a Câmara ter canais virtuais para a sociedade acompanhar. A sociedade também espera que a gestão da Câmara chame a população para dentro da Casa com audiências públicas, etc.

É verdade que nesses noves meses a Câmara teve avanços importantes, mas é sempre necessário ir além. A mudança não é de um dia para noite, os resultados podem demorar para se materializar, contudo é necessário a sociedade enxergar o fator mais importante: A VONTADE DE MUDAR.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias