Terça, 21 de Setembro de 2021
21°

Poucas nuvens

Atalaia - AL

Polícia Operação

Operação Luz na Infância 8 cumpriu mandados em Maceió e Atalaia

Ação tem o objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet

09/06/2021 às 18h32
Por: Phablo Monteiro Fonte: Gazeta Web / Clariza Santos com assessoria
Compartilhe:
FOTO: Ascom MPE.
FOTO: Ascom MPE.

A operação Luz na Infância 8, que foi deflagrada nesta quarta-feira (8), pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com o objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet, cumpriu um mandado de busca e apreensão no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió. A ação também ocorreu na cidade de Atalaia, no interior do estado.

Conforme informações da Delegacia Especializada dos Crimes Contra a Criança e o Adolescente da Capital, durante as buscas, foram apreendidos equipamentos que serão encaminhados para o Instituto de Criminalística (IC), para a realização de perícia técnica em laboratório.

No total, foram cumpridos 176 mandados de busca e apreensão no Brasil e em mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador.

A ação contou com a participação de policiais civis de Alagoas, São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Espirito Santo, Rondônia, Mato Grosso, Paraná, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rondônia, Piauí, Bahia, Maranhão, Rio Grande do Sul e Amazonas.

No Brasil, a operação contou com apoio da Polícia Civil. Nos demais países, "agentes de aplicação da lei" participaram da investigação, além de embaixadas, segundo o ministério.

As penalidades para os crimes investigados variam de 1 a 8 anos de prisão. Quem armazena material de pornografia infantil pode cumprir pena de 1 a 4 anos de reclusão. Já para quem compartilha, a pena prevista é de 3 a 6 anos. A punição para quem produz esse tipo de material é de 4 a 8 anos de prisão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias