Esportes Destaque na Base

Natural de Ouricuri, Riquelmy Oliveira é destaque na base do Flamengo

Riquelmy foi aluno da Escolinha Meninos de Ouro, em Atalaia e teve uma passagem vitoriosa pela base do Sport Recife.

20/03/2021 18h01 Atualizada há 3 meses
1.591
Por: Phablo Monteiro
Com apenas 15 anos, Riquelmy é destaque na base rubro-negra.
Com apenas 15 anos, Riquelmy é destaque na base rubro-negra.

Tem nome de craque e futebol de craque. Natural do Distrito Ouricuri, o jovem Riquelmy Oliveira de apenas 15 anos de idade, filho da Marluce (Beta) e do Ronaldo (Nado), já vem sendo considerado uma das grandes promessas da base do Flamengo, se destacando por sua qualidade técnica e faro de gol.

Riquelmy já assinou seu primeiro contrato de formação com a equipe rubro-negra, que vem lapidando o jovem ouricuriense, na melhor base do Brasil, que recentemente revelou talentos como Lucas Paquetá, Vinicius Júnior, Jean Lucas e Reinier.

Orgulho do Distrito Ouricuri, Riquelmy vem tendo a oportunidade de realizar seu grande sonho, que também é compartilhado por seu pai, o Nado, ex-jogador de futebol profissional, com passagens pelo CRB, Comercial de Viçosa, Serrano-RJ e também na Bulgária.

Nado é só orgulho e felicidade em poder acompanhar desde o início o desenvolvimento de seu filho. Foi ele o primeiro professor do Riquelmy, através de uma escolinha de futebol que tinha na Ouricuri. Aliás, foi Nado que acreditou desde o início no potencial do Riquelmy, quando muitos não acreditavam que o garoto chegaria lá.

“É uma felicidade e um orgulho muito grande acompanhar meu filho. É um menino que sempre tá se dedicando, pois ele tem muita raça, determinação e força de vontade para conquistar o espaço dele, o que graças a Deus ele vem conquistando. Daqui pra frente é ver ele assinar um contrato profissional e sonhar mais alto, pois em nome de Jesus, vai jogar na Europa”, destaca o orgulho pai.

A formação pra valer do Riquelmy começou quando ele ainda tinha 8 anos de idade, quando seu pai o matriculou na Escolinha Meninos de Ouro, em Atalaia, do professor Alisson Farias. “Certo dia voltando de Maceió para Ouricuri, paramos na Vila e ouvimos um carro de som anunciando a Escolinha Meninos de Ouro. Sempre foi um sonho do meu filho, estudar em uma escolinha de futebol de verdade, para ele aprender os posicionamentos corretos. Professor Alisson e Liu ajudaram muito no desenvolvimento dele”, comenta Nado.

Foram quase três anos de aprendizado na Escolinha Meninos de Ouro. Desde o início Riquelmy já chamou a atenção do professor Alisson, que via o garoto com um grande potencial para seguir carreira no futebol.

“É um imenso orgulho ver Riquelmy hoje vestido a camisa do Flamengo. Lembro como fosse ontem, ele com 8 anos de idade dando seus primeiros passos no futebol comigo e com o professor Liu. Sempre foi um menino focado. Ele vinha do Povoado Ouricuri toda segunda e quinta de manhã, não perdia um treino. Isso faz a diferença lá na frente, como está fazendo hoje na vida dele. O pai e a mãe dele foram fundamentais para essa conquista dele. Seu pai mesmo desempregado por um tempo, arrumava dinheiro emprestado na Ouricuri, mas não deixava o Riquelmy faltar ao treino. Eu não esqueço nunca disso, muitos não sabem disso. Quero desejar muita sorte e sucesso a ele e estou muito feliz por ter contribuído de alguma forma para esse sucesso”, destaca Alisson Farias.

Em 2015, o Flamengo entra na vida do Riquelmy. O jovem atleta fez uma peneira em Maceió, organizada pelo Flamengo. O resultado foi sua aprovação, com apenas 11 anos de idade. 

“Eu e o meu filho tínhamos que vim pra o Rio de Janeiro de seis em seis meses, pra fazer o teste junto com os outros meninos da base. Ele sempre passava. Chegou na terceira vez e ele não ficou, porque estava igual aos meninos da base, aí o Flamengo liberou ele pra outros times”, lembra Nado.

Riquelmy e Nado continuavam em busca do objetivo e, contando com aquela ajuda de anjos que Deus colocava no caminho, receberam do professor Fernando, da Escolinha do Flamengo em Maceió, o convite para o Riquelmy fazer um teste no Sport Recife. No Leão da Ilha do Retiro, também foi aprovado para a base.

“Íamos para o Recife passar 15 dias. Na segunda vez que a gente foi, o professor Márcio do sub 12 falou que queria o Riquelmy morando em Recife. Ficamos sem noção das coisas, por deixa tudo em Alagoas pra vim mora em Recife. Minha esposa estava trabalhando, ainda na Ouricuri, na época ela era professora, hoje é aposentada. Mas, fomos de mala e cunha morar em Recife”, lembra Nado.

Foi ainda no Sub-12 do Sport, que o até então zagueiro Riquelmy passa a jogar de centroavante, uma sugestão do professor Márcio. A palavra final para essa mudança tinha que vim do garoto, que atendendo a sugestão, mudou de posição e deu início a três anos de grande sucesso, gols e títulos.

Pelo Sport Recife foi artilheiro do Sub-12, Sub-13 e Sub-14, conquistando três títulos, entre eles o do Campeonato Pernambucano Sub-15, com apenas 14 anos. Também jogando pelo Sport, foi artilheiro de um torneio realizado em Minas Gerais.

O Flamengo nunca deixou de monitorar o Riquelmy. Em Recife, foi realizada a Audi Camp para categorias de base. Flamengo, Palmeiras, Corinthians, Grêmio, Bahia e outras equipes, participaram da competição com equipes Sub-15 a Sub-17. O Sport colocou a sua equipe sub-14, do artilheiro Riquelmy.

“O primeiro jogo foi contra o Palmeiras. O rapaz que passou ele em Maceió, o Luiz Carlos, diretor geral da base do Flamengo, estava lá e viu ele fazer os dois gol da vitória do Sport sobre o Palmeiras. Aí foi o passaporte dele pra vim de novo pra o Flamengo aonde ele está agora”, comenta o seu pai.

No Flamengo assinou o primeiro contrato de formação no dia 7 de agosto de 2020. A pandemia interrompeu as competições de base. Mas, em 2021, Riquelmy é titular e continua fazendo gols. Aos 15 anos, já está na categoria Sub-16.

Atualmente a categoria vem disputando a competição Copa FCB Sub-17, organizada pelo próprio Flamengo para dar ritmo aos jogadores. O Flamengo está na final contra o Madureira. A partida será nesta segunda (21), na Gávea. Riquelmy é o artilheiro, com 4 gols marcados.

Em entrevista ao site AtalaiaPop, o jovem atleta destacou sua felicidade em vestir a camisa rubro-negra. “É uma oportunidade única e gratificante para mim fazer parte deste clube, que é o mais querido do Brasil e que todo jogador sonha em jogar um dia. Estou muito feliz em estar aqui no Sub-16 da base do Flamengo”.

O artilheiro ainda deixou um recado de incentivo para os jovens que sonham com uma oportunidade no futebol. “A todos os garotos de Alagoas e da minha terrinha de Ouricuri, que nunca desistam do seu sonho, de ser jogador de futebol. Um abraço do amigo Riquelmy”, concluiu Riquelmy.

Riquelmy tem sua carreira gerenciada pela empresa Elenko Sports, do Estado de São Paulo. Também já assinou contrato de patrocínio com a Adidas.

O artilheiro Riquelmy sobe mais alto e marca mais um gol com a camisa do Flamengo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias