Política Vereadoras

Bancada feminina reduz pela metade na Câmara Municipal de Atalaia

Lays Melo e Janaína do Cal serão as mulheres que representarão os atalaienses na próxima Legislatura.

27/11/2020 13h04 Atualizada há 1 mês
634
Por: Phablo Monteiro
Lays Melo e Janaína do Cal.
Lays Melo e Janaína do Cal.

As mulheres são a maioria do eleitorado em Atalaia, representam 51,7% dos eleitores, ou seja, dos 30.331 eleitores, 15.674 são mulheres. Mesmo assim, dos 13 vereadores eleitos para a próxima legislatura (2021-2024), apenas dois nomes integrarão a bancada feminina da Câmara Municipal, dois a menos que a atual.

São elas: Lays Melo (PSC) eleita para o seu primeiro mandato com 982 votos e Janaína do Cal (MDB) reeleita com 912 votos para o seu segundo mandato.

E não foi por falta de opções femininas, pois, dos 63 candidatos, 22 eram mulheres, o que representa 35% do total. Quem chegou muito perto da reeleição foi a vereadora Neide Miranda (MDB), que obteve 727 votos, ficando na condição de primeira suplente, por conta do desempenho de sua coligação.

Um fator que pode ajudar a explicar essa redução, são as candidaturas de duas vereadoras ao cargo de vice-prefeita, no último pleito eleitoral. A vereadora Maria da Comesa na coligação MDB e Progressita e a vice-prefeita eleita Camyla Brasil, do PSC.

Para a vereadora Janaína do Cal, essa diminuição representa um enfraquecimento da representação feminina no Legislativo, mas que será superado com muito trabalho. “A gente vê que nessa atual Legislatura temos quatro representantes femininas, mas duas delas foram candidatas a majoritária e, com o fim das coligações, diminui consideravelmente o número de mulheres candidatas. Na próxima Legislatura estarei aqui junto com a Lays Melo, uma queda de 50% na representação feminina, mas tenho certeza que mesmo assim a Câmara Municipal de Atalaia estará bem representada por essas duas mulheres”, destaca a vereadora.

“Todos são conhecedores da participação da vereadora Janaína do Cal aqui nesta Casa, sempre apoiei a gestão no que achava que estava certo e mesmo sendo sustentação, sempre fui contra determinadas atitudes, sempre apresentando o meu posicionamento. Mesmo sendo minoria, nunca abaixei a minha cabeça. Tenho uma amizade muito grande com todos os vereadores, que foram muito parceiros da vereadora Janaína. Continuarei agora com o meu trabalho redobrado, pois se antes éramos quatro mulheres, agora somos duas e nós duas iremos adquirir uma responsabilidade em dobro perante esta Casa. Mas, tenho certeza que a voz feminina mais uma vez irá sobressair, como foi neste mandato. O Poder Legislativo fica com menos duas mulheres, mas, em compensação, o Poder Executivo será representado por duas mulheres. Acredito que as mulheres do Executivo, junto com as mulheres do Legislativo, farão um trabalho marcante na cidade de Atalaia”, concluiu a vereadora Janaína do Cal.

A vereadora eleita Lays Melo, que se prepara para assumir seu primeiro mandato, atribui a vários fatores essa diminuição no número de mulheres no Legislativo atalaiense. “A desordem na proporção de candidatos e de mulheres no exercício do cargo pode ser atribuída a vários fatores, como a falta de apoio real as candidaturas femininas. Em vista dessa redução de representatividade feminina na Câmara Municipal de Atalaia, pretendo junto com a vereadora Janaína Montenegro, mostrar a real força e o trabalho das mulheres na política, lutando com empenho pelas causas públicas de nossa cidade e pela igualdade e também pela valorização da mulher”, comenta a vereadora eleita.

Se na próxima Legislatura a presença feminina será menor na Câmara Municipal, ela aumenta em 100% no Poder Executivo, com a vitória nas urnas da prefeita eleita Ceci Rocha e da vice-prefeita eleita Camyla Brasil.

Camyla Brasil e Cici Rocha, vice-prefeita e prefeita eleita de Atalaia. Foto: Instagram Camyla Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias