Política Eleições 2020

Vereador Quinho repudia falsa denúncia de crime eleitoral que interrompeu trabalho social

Denúncia expôs funcionários do município e interrompeu trabalho social que beneficia centenas de famílias de Atalaia.

23/10/2020 16h39 Atualizada há 4 semanas
1.132
Por: Phablo Monteiro
Vereador Quinho do Portão (MDB).
Vereador Quinho do Portão (MDB).

Nesta última quinta-feira (22), uma equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social teve interrompido seu trabalho assistencial a população carente do município, por conta de uma falsa acusação de compras de votos em troca de cesta básica. Esse trabalho assistencial é de conhecimento de toda a população e se intensificou ainda mais por conta da pandemia da Covid-19.

O ato não só impossibilitou que famílias carentes do município tivessem acesso a essa ajuda social, mas também expôs e causou constrangimentos aos funcionários, pessoas de boa índole e que vem prestando ao longo dos anos importantes serviços à comunidade.

O vereador Quinho do Portão se manifestou perante essa lamentável situação, repudiando o que chamou de política covarde, feita por pessoas rasteiras. 

“É lamentável que nós atalaienses, uma sociedade historicamente pacata, tenha que conviver ao longo desses últimos meses com uma forma de fazer política covarde, feita por pessoas que a cada dia mostram que não tem o mínimo de caráter e respeito ao próximo. Falo isso não só por conhecer o trabalho assistencial que a Secretaria de Assistência Social desenvolve ao longo desse mandato, mas principalmente por conhecer as pessoas de bem acusadas injustamente, quando estavam cumprindo seu trabalho e levando esperança às famílias carentes de nossa terra”, comentou Quinho.

Quinho fez questão de citar seu amigo particular, o Ricardo, um dos principais nomes da Capoeira no município e que através daquela Secretaria, leva a prática da Capoeira para dezenas de jovens do município.

“Cito aqui o exemplo do meu amigo Ricardo, uma pessoa de bem, trabalhador, conhecido pela sociedade por seu brilhante trabalho social com a Capoeira, tirando os meninos das ruas e ensinando esse esporte que é um patrimônio cultural do nosso povo. Infelizmente o nível baixo dessa gente tem atingindo pessoas de bem de nossa sociedade. Mas, esse tipo de atitude só está munindo os atalaienses, que saberão dar a resposta que essa gente merece”, concluiu o vereador.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, moradores da localidade confirmaram que as cestas foram entregues a quem tinha cadastro no CRAS, que não tinha nada haver com eleição e que estavam apenas querendo receber seus direitos, ou seja, suas cestas básicas.

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Atalaia Pop (@instaatalaiapop) em

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias