Cultura Atalaienses

Atores atalaienses participam das gravações do filme Zumbi Quilombo dos Palmares

Com direção do alagoano Lula de Oliveira, filme terá cenas gravadas na cidade de Atalaia.

07/07/2020 10h46 Atualizada há 3 semanas
2.360
Por: Phablo Monteiro
Atores de Atalaia participaram de cenas gravadas no Rio de Janeiro.
Atores de Atalaia participaram de cenas gravadas no Rio de Janeiro.

Teve início no começo deste mês de julho, no Rio de Janeiro, as gravações do Filme Zumbi Quilombo dos Palmares, do renomado diretor, ator, roteirista e escritor alagoano Lula de Oliveira. Serão várias histórias impactantes que juntas irão contar a história do grande líder do Quilombo dos Palmares.

Em seu elenco, que conta com as ilustres presenças de atores consagrados como Mário Gomes e André Gonçalves, estão os atores atalaienses Dola Rocha (Contador de Histórias), Monique Hellen (Valquíria Indonésia), Will Ferreira (Índio) e Marcela Brito (Índia Preta). Também compõe o elenco o maceioense Sam Bertoldo (Índio Poty) e o ator mirim viçosense, mas com raízes em Atalaia, Mauricio Pereira (Gugu).

De 30 junho a 05 de Julho os atores alagoanos estiveram no Rio de Janeiro participando do início das gravações do filme que marca um verdadeiro ressurgimento do cinema nacional independente.

No final de Julho, inicia a segunda etapa das gravações, dessa vez em solo alagoano, nas cidades de Atalaia e União dos Palmares, contando com o apoio das Prefeituras dessas cidades. Atalaia voltará a ser cenário de um grande filme nacional após 49 anos, quando aqui foram gravadas cenas do Filme a Volta Pela Estrada da Violência, de Aécio de Andrade. 

Um dos personagens principais do filme, o ator Dola Rocha destaca a grande experiência que está vivendo em participar deste projeto. “Sinto-me Lisonjeado em poder participar desse projeto ao lado de grandes artistas e ser dirigido por Lula de Oliveira, uma experiência incrível que marca a minha carreira como artista e como ser humano. Uma grande responsabilidade fazer o personagem O CONTADOR DE HISTÓRIA, narrando acontecimentos vividos na minha terra e mostrando a importância da igualdade social. Agradeço a todos que nos ajudaram direta ou indiretamente, a Prefeitura Municipal de Atalaia e a Secult pelo apoio e credibilidade, a nossa família e em especial todo elenco que nos abraçou de uma forma indescritível”, destacou.

A história do Quilombo dos Palmares, a história de Zumbi está totalmente ligada ao início do Povoamento que deu origem a cidade de Atalaia e foi esse um dos motivos que fez o diretor Lula de Oliveira escolher a cidade para as gravações. “O interessante é que muita gente não sabe, mas Zumbi, a sua verdadeira história começou em Atalaia, Alagoas. Mas, é divulgado que foi em União dos Palmares. Zumbi teve passagens marcante onde é a cidade de Atalaia e por isso vamos gravar lá”.

Atores atalaienses ao lado do diretor Lula de Oliveira, no Rio de Janeiro.

Para o diretor alagoano, que reside no Rio de Janeiro, também será um momento de reflexão na luta contra todos os tipos de preconceitos no Brasil e no mundo.

“É a luta contra o preconceito, contra a discriminação. É a luta contra todos os tipos de preconceitos no Brasil e no mundo. Quando nós resolvemos escrever esse roteiro e produzir esse filme com muita vontade e determinação, O Filme Zumbi Quilombos dos Palmares traz exatamente momentos de reflexão para os que vão assistir, seja na televisão, seja no cinema. O que temos certeza é que Zumbi será para sempre, um desbravador da liberdade humana, da liberdade negra desse país”, comenta Lula de Oliveira. 

Zumbi Quilombo dos Palmares tem a produção executiva e direção de artes de Marcya Alves, coordenação de produção de Danielle Dias, assistente de produção de Cláudio Stalone, figurinista Jairo Pereira, realização da BRTV Brasil Televisão do Rio de Janeiro e co-produção Nai Brasil: Núcleo dos artistas independentes do Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias