Em entrevista, Professor Lesso destaca a importância de Atalaia voltar a ter representante na Assembleia Legislativa

Edição e Fotos: Phablo Monteiro 05/08/2018 23:00  Cidade


Pré-candidato a deputado estadual no pleito eleitoral deste ano, o atalaiense Professor Lesso (PT), esteve na manhã deste sábado (04), participando de uma entrevista no Programa Show da Manhã, da Rádio Atalaia FM. Na oportunidade falou sobre sua candidatura, suas propostas nas áreas de geração de emprego e Educação, além da importância de Atalaia voltar a ter representante na Assembleia Legislativa.

“São dois os pontos principais que procurarei trabalhar na Assembleia: A geração de emprego e a Educação. Quando você tem a oportunidade de emprego e acesso a uma boa Educação, o restante vem gradativamente”, destaca o candidato.

Professor de Mecânica da Escola Técnica Federal de Alagoas, atual Instituto Federal de Alagoas (IFAL), desde o ano de 1994, o entrevistado lembrou a importância de incentivar os jovens a se dedicarem aos estudos para a obtenção de bons resultados em suas carreiras profissionais.

“Me faz muito bem ensinar e com muito orgulho passei de 1993 a 2008 dando aulas de matemática nos fins de semana, como um preparatório para que os alunos fizessem o teste do antigo CEFET e agora IFAL. Conseguimos naquele período uma aprovação média de 14 ou 15 alunos por ano. Atalaia tem mão de obra técnica para grandes empresas, temos técnico em mecânica, em química, entre outros. Temos hoje em nosso país vários municípios que gostariam de ter essa mão de obra qualificada que tem Atalaia”, frisou Professor Lesso.

Membro por dois mandatos (6 anos) do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (CREA-AL), tendo sua atuação reconhecida com o Certificado de Serviços Relevantes Prestado a Nação, outorgado pelo Conselho Federal (CONFEA), Professor Lesso lembrou que Atalaia tem uma grande vocação agrícola e lamentou não existir uma atuação para reverter no município a crise que se alastra há vários anos.

“Colocamos em nossa proposta em 2016, quando fui candidato a prefeito, que iríamos ter uma Fazenda experimental, com sessenta tarefa de terra, com dois engenheiros agrônomos e um engenheiro de pesca, teríamos como trabalhar culturas diferentes da cana de açúcar. Iríamos mostrar aos fazendeiros que é possíveis outras culturas, que temos várias saídas e não precisamos focar só na cultura da cana, pois essa cultura está fadada ao fracasso, ou seja, o mundo está deixando de comprar açúcar”, comentou.

Questionado pelo radialista Ézio Santos sobre a possível renovação na ALE, devido aos escândalos de corrupção, Professor Lesso disse acreditar nas respostas das urnas. “A população já está começando a demonstrar isso. A população quer o novo, a população quer mudar. A população quer uma renovação não só na Assembleia, mas também no nosso Congresso. Os políticos que estão com quatro, seis ou oito mandatos têm que dar espaço para essa renovação”.

Questionado se acha que pode representar esse novo na política, Lesso reafirmou seu compromisso com a população de Alagoas. “Se eu for eleito a população pode esperar um representante atuante, procurando vê opções junto aos governantes para criar alternativas de geração de emprego, mudando essa cultura de Alagoas tão voltada para a cana de açúcar”, comentou.

Sobre o apoio do PT a reeleição do governador Renan Filho, Professor Lesso destacou a soberania da decisão tomada na Convenção. “Ela decidiu que teria essa coligação com o PMDB e nós iremos a frente. É o pensamento do partido que essa parceria em nosso Estado cada vez mais funcione e dê certo, para que tenhamos mais avanço”.

Maior cidade do Vale do Paraíba, Atalaia tinha a tradição de eleger representante da terra na ALE, a exemplo de Abraão Moura, Zeca Lopes e Dr. Luiz Algusto. Questionando por um ouvinte sobre a importância do município voltar a contar com um representante da terra na Assembleia, o entrevistado destacou que Atalaia tem perdido muito com esta falta de representação.

“Atalaia tem capacidade para eleger no mínimo dois representantes. Nossa cidade perde por não ter alguém que lute de verdade por esta terra na Assembleia Legislativa. Vejo na minha candidatura uma grande oportunidade de mudar essa história”, frisou.

Em suas considerações finais, o pré-candidato Professor Lesso voltou a afirmar seu compromisso com a população Alagoana, especialmente aos atalaienses. “Não decepcionarei os atalaienses. Garanto ser um representante incansável da população alagoana, mas especial de Atalaia, lutando incansavelmente para melhorar a condição de vida do nosso povo”.

 

Notícias Relacionadas