Prefeitura de Atalaia promove inclusão social com a descentralização das ações do CRAS

Edição: Phablo Monteiro - Fotos: CRAS Atalaia 03/08/2018 19:00  Cidade


Com o objetivo de promover inclusão social, através de uma maior acessibilidade do cidadão aos vários serviços oferecidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), a Prefeitura de Atalaia, por meio da Secretaria de Assistência Social, vem realizando uma descentralização desses serviços para regiões mais distantes do centro da cidade.

Após um levantamento realizado pela gestão do prefeito Chico Vigário, foi beneficiado inicialmente o Distrito de Santo Antônio e mais recentemente, o Distrito Branca. Essas localidades, além de estarem mais próximas de pontos extremos da cidade, apresentam grande índice de vulnerabilidade social.

“Essa descentralização é de fundamental importância, pois nos aproxima da população usuária dos nossos serviços, visando a ampliação dos atendimentos em locais de maior vulnerabilidade, as quais tem maior dificuldade para acessar serviços e benefícios na área assistencial, a exemplo do PAIF, BPC, Bolsa Família, Carteira de Transporte Intermunicipal e Estadual para Idosos, Grupos de Convivência, entre outros”, destaca a coordenadora do CRAS Atalaia, Meirelane Rodrigues.

O sucesso dessa descentralização já é visível nos Grupos de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Mulheres nestas duas localidades. O do Distrito Branca conta com mais de 30 integrantes. Já o do Distrito Santo Antônio, denominado “Mulheres Guerreiras do Santo Antônio”, possui mais de 40 integrantes. “Antes de participarem desses grupos, muitas dessas mulheres viviam uma vida exclusivamente doméstica”, comenta a coordenadora do CRAS.

As atividades do Grupo ocorrem semanalmente, onde as integrantes participam de aulas com um professor de Educação Física, de aulas de fitness dance, de palestras e de confraternizações em datas comemorativas.

 

Notícias Relacionadas